manual de instruções.

Outro dia comparei: “isso é tão ruim qto salada de beterraba” e minha amiga imediatamente falou “ah, eu gosto de salada de beterraba!”.. Nós rimos. Minha vizinha não gosta do horário de verão, eu adoro. Todo cara que eu acho bonito, minha amiga não acha. E vice-versa. Ela me mostrou um cara que considera lindo e eu achei absolutamente normal. Eu tava a fim de um cara e comentei sobre a presença dele. Ela respondeu “acho ele estranho”. Eu não gosto de cerveja. Ninguém entende. Eu não entendo como é que gostam! Conheço pessoas que adoram o brinquedo elevador do parque Hopi Hari. Nunca tive coragem de ir! Gosto da montanha-russa. Minha amiga foi viajar no carnaval, fez várias loucuras, desceu rio, pulou de ponte. Isso pra mim é tortura, não é diversão. Ela amou. Não consigo dormir sem, pelo menos, um lençol. Minha filha não consegue dormir coberta.
.
Por que eu falei tudo isso? Simples. Porque nos últimos dias vi pessoas discutindo sobre a relevância de curtir ou não curtir o carnaval. De assistir escolas de samba, comprar abadá, ver filmes, ler livros ou sei lá mais o que. Cada um, na sua suprema razão, defendia sua incrível verdade e condenava a verdade alheia. Como se felicidade fosse uma receita pronta. Como se alguém que preferiu se enfiar no meio dos mihares nas ruas do Recife, fosse ficar feliz em casa vendo um filme. Ou como se alguém que aproveitou o feriado pra visitar os pais, fosse ficar feliz se estivese no meio da Sapucaí. Tem quem prefira praia ou campo. Havaianas ou Raider. Carro ou moto. Nescau ou Toddy. Frio ou calor. Ópera ou funk. Por que aceitamos que uma pessoa seja diferente da outra em tantas coisas, mas não na maneira de se sentir bem? Por que a profissão pode ser diferente, o sabor preferido da pizza pode ser diferente, o bicho de estimação pode ser diferente.. Mas a maneira de curtir um feriado tem que ser igual??
.
Outro dia meu amigo colocou uma música e eu falei “é estranho dizer que alguém tem bom gosto, pq na verdade as pessoas sempre consideram ‘bom gosto’ aquele que é parecido com o delas.. mas pra mim, vc tem bom gosto”. Uma vez uma amiga perguntou pra um amigo nosso, que é homossexual: “pq vc gosta de homem?” e ele respondeu pra ela “pq VC gosta de homem?”.
.
Gosto nunca se discutiu.
Não vamos começar a regredir agora.
Né?
.
Bjo, pessoas!
Anúncios

6 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Cynthia
    fev 22, 2010 @ 02:45:13

    Adorei o post, Criss!! Adoro seu blog. Isso de bom/ruim é mesmo muito relativo né, cada um tem seu gosto e parando pra pensar, as diferenças deixam tudo muito melhor! Tem coisas que algumas pessoas AMAM e eu simplesmente não consigo entender como…e tem coisas que eu AMO e fico pensando “como alguém pode não gostar?”..

    Responder

  2. Marcela
    fev 22, 2010 @ 02:54:31

    Adorei!! É a mais pura verdade, a gente tem uma mania boba de querer que as pessoas curtam as mesmas coisas! O que seria dos hotéis fazendas se todo mundo preferisse as praias? Gosto é pessoal, e isso é ótimo, afinal não teria graça todo mundo igual! Gostei muito do post Criss!! Beijos

    Responder

  3. Rebeca
    fev 22, 2010 @ 16:23:05

    Adorei o post! Eu não gosto de comparações, afinal gosto não se discute. Tem gente q tenta de todas as maneiras fazer com que alguem goste das mesmas coisas que ele. Burrice! As pessoas são diferentes. Muito bom mesmo Criss! =) (@BellaBeca)

    Responder

  4. Fernando Lago
    fev 22, 2010 @ 18:05:44

    Há umas três semanas atrás participei de um encontro de estudantes de Pedagogia do Norte e Nordeste, no Maranhão. Um camarada do pernambuco, em conversa informal durante os intervalos, falava um pouco acerca dos gostos musicais; mais especificamente, do carnaval baiano. Apesar de ser baiano permaneci calado, até por que eu também não curto carnaval. Uma amiga, minha, porém, achou um absurdo a forma como ele falou e adquiriu uma antipatia muito grande contra o rapaz. Curioso, perguntei a ela: “Desde quando você curte o carnaval de salvador?” E ela: “Desde nunca. Mas ninguém tem o direito de julgar quem curte.”

    Ela estava certa. Também não curto carnaval, principalmente o baiano. Mas quem curte, está no seu direito. Se carnaval fosse tão ruim, não teria um público tão grande e a festa seria cancelada. Por mim seria cancelada. E o fato de não ser me faz perceber que as coisas do mundo não gira ao redor de mim.

    Enfim! Muito bom o seu post.

    Abrass

    Fernando Lago

    Responder

  5. Nana
    fev 22, 2010 @ 19:06:53

    Minha mãe briga muito comigo porque eu não consigo dormir sem coberta, mesmo no calor.
    Temos muito em comum, hehe
    Mas eu amoooooooo o elevador do Hopi-Hari…
    Enfim… amei o post.
    Todos deveriam ler pra ver se melhoravam um pouco a cabecinha…. hehe =)
    O blog tá muito mais legal assim…
    Desculpa escrever tanto…
    beijinhos, Nana Altro

    Responder

  6. Pati Lattaro
    mar 04, 2010 @ 04:01:54

    Primeira vez q leio seu blog…adorei!!! Na maioria da vezes as pessoas q amamos ñ tem o msm gosto q o nosso!!! Vou ler sempre!!!
    Bjoss…

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: