tac-tic.

faz uns dez dias que quero escrever este post e não escrevi por total, completa e absoluta falta de tempo. e essa falta de tempo é mais um dos motivos pra escrever este post. tô feliz. mas feliz de um jeito que ultrapassa a euforia da felicidade. tô feliz ao natural, sabe? sem precisar de nada que indique ou pontue com alarde a felicidade. só uma paz plena, límpida (e risonha!) tomou conta do meu coração de uma forma tal que não consigo sequer lembrar como estive antes disso. tenho aproveitado cada pequeno detalhe de uma vida cheia de coisas. e no meio da maluquice que ando vivendo, tenho prestado atenção em como sou feliz comendo uma pizza de atum. vcs tem ideia de quanto eu gosto de pizza de atum? eu adoro. tenho valorizado cada espaço da minha casa. me permito ter minhas manias odiosas. desde muito cedo eu respondo por mim. há mais de dez anos eu já morava sozinha, já pagava meu aluguel, meu carro, minha conta de telefone e não admito que ninguém mais me aponte o dedo sem sequer conhecer minha essência. sou uma pessoa com qualidades e defeitos como qualquer outra (e olha que conheço umas criaturas por aí com muito mais defeitos que qualidades..). tento fazer tudo pra ajudar todo mundo e não tô dizendo isso pra me vangloriar pq não preciso, faço pq é próprio meu fazer. aliás, tô acostumada a estender a mão e acabar tomando na cara. mas não aceito que alguém me diga como devo agir. sobretudo quando há muito mais coisa errada com o próprio alguém que comigo. e isso acontece muito. mas hoje nada disso tem a menor importância. já tive ao meu lado pessoas que me fizeram muito bem e outras que fizeram muito mal. e eu ousaria dizer que o maior bem que já fizeram foi a pior relação que já tive, pois me deu uma sensação de bem-estar comigo mesma que eu não sabia que era possível. agora aproveito cada minuto da minha liberdade! como é bom fazer o caminho de casa com vontade de voltar pra casa! estranho pq eu sempre fui livre, mas só a possibilidade de perder essa liberdade a tornou tão importante pra mim! tenho vivido dias especiais, cheio de trabalho, risadas, pessoas divertidas e que me fazem sentir especial.. tive a honra de conhecer melhor grandes ídolos, conversar, dançar e rir com eles a madrugada toda.. tive a chance de estar perto de pessoas que gosto muito e ser recebida por elas com muito carinho. pessoas que não precisam de mim. como eu gosto de pessoas que não precisam de mim. gosto de conviver com pessoas que sabem cuidar dos próprios problemas pq me sinto bem em poder ajudar (e não em precisar ajudar). pois bem, esse post enorme (é bom poder falar qto eu quero tb! e quem não quiser ler, tchau) só pra dizer que estou bem. que estou muito bem, obrigada. e que ainda acredito que existem pessoas boas, até pq, a vida não me dá tempo de desacreditar disso!!

“Mera ilusão auditiva, graças a qual ouvimos sempre tic-tac, e nunca tac-tic. Depois disso, como acreditar nos relógios? Ou na gente?”

(Mario Quintana)

para ouvir: http://www.youtube.com/watch?v=EddbiroyMaQ

 

bjo, pessoas!

Anúncios

5 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Fernando Lago
    dez 12, 2009 @ 03:11:12

    Alô alô, Cris!

    Seu blog está muito massa! Parabens!

    (Fernando Lago)

    Responder

  2. Caronella
    dez 12, 2009 @ 03:18:53

    Criss, quantos posts perdi por aqui, hein.
    Não perderei mais. Acabo de ler todos os atrasados e, depois com mais calma, passarei para comentar um por um. É o meu lado virginiano falando pelo meu lado geminiano nesse momento. rs

    Mas o texto da Maithê e mais o trecho de Clarice… explicam o porquê de eu ter escolhido estudar mulheres escritoras para o projeto do mestrado.

    No mais, eu espero que seja justinho assim que você esteja se sentido.

    Te adoro demais. Foi uma dádiva te conhecer nesse meio-finzinho de ano. =)

    Responder

  3. Caronella
    dez 12, 2009 @ 03:25:14

    Me confundi toda. Comentei sobre duas coisas ao mesmo tempo.
    O texto da Maithê no outro, ótimo, e nos faz refletir muito. É válido esperar, é válido acreditar que isso tudo é o certo? E isso toma realmente muito tempo, cansa. Se não cansasse, todas as pessoas seriam felizes e acompanhadas por pessoas que combinassem com seu encaixe. Pena não ser tão fácil… ou melhor assim! =)

    E tudo o que você dise nesse post: realmente, eu espero que esteja tudo justinho assim. Você emana alegria, Criss, e faz isso de uma forma tão natural que não tem como não alegrar alguém. Nada mais digno que alguém assim encontre a maior de todas as felicidades (porque a nossa felicidade sempre nos parecer a maior, e que bom que é assim!)

    no mais, tudo verídico no comentário anterior.

    Amadíssima!

    Responder

  4. malupaixao
    dez 12, 2009 @ 03:26:32

    Criiss… você, definitivamente, é uma pessoa especial! Se encaixa no grupo das ‘mulheres guerreiras’, que lutaram desde cedo e sabem dar valor às coisas e pessoas especiais. E sabe que, eu acho, que conheço uma outra mulher exatamente assim? Ela não anda muito bem ultimamente. Esteve internada por um tempo aí.. mas enfim rsrs, ela me lembra muito vc! kkk. Ok, chega de brincadeiras.
    Eu tbm adoro pizza de atum, mas acho q fazem séeculos que eu não vejo uma. Me lembra muito a minha infância rs.
    Você merece toda essa felicidade, pelo simples fato de saber dar valor a ela! Aproveite bastante seus amigos, sua ‘pimentinha’ (mto fofo esse apelido!), seu trabalho.. afinal, a vida é uma só, e os problemas não devem ser levados tão a sério sendo que existem milhõoes de momentos maravilhosos para compensar!
    Puts, acho que me empolguei! Meus comentários devem estar meio cansativos, mas foi necessário dizer, mais uma vez, o quanto te admiro! Ótimo texto, parabens! Tuuudo de bom.. sempre! Beijãoo da sua eterna fã rss, Malu.

    Responder

  5. Guilherme
    dez 12, 2009 @ 21:38:32

    Ei muito bom!!!!

    Vamos brindar isto, depois visita o meu blog, ai vc verá pq….rs…

    Bjos

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: